MANEJANDO O PESO APÓS O DIAGNÓSTICO DE UM CÂNCER

Após completar o tratamento de um câncer, muitos pacientes direcionam seus esforços para o aumento da sobrevida e isso, naturalmente, inclui um foco em alimentação saudável, perda de peso e aumento de atividade física.
Sabe-se também que é seguro, para grande parte dos pacientes com câncer, se exercitar pela maior parte da trajetória da sua doença.
Permanecer fisicamente ativo ajuda a prevenir o ganho de peso durante o tratamento do câncer. É recomendado, portanto, que os pacientes pratiquem atividade física durante a maior parte do acompanhamento.
Nós todos sabemos que devemos nos exercitar mais, alimentar-se de forma saudável e manter um peso adequado. Entretanto, isso pode ser especialmente desafiador para vários portadores de câncer. Depois de passarem por tratamentos rigorosos que podem incluir quimioterapia, radioterapia e cirurgia, muitos pacientes apresentam fadiga e indisposição e isso pode tornar difícil o início de qualquer tipo de programa, principalmente no que concerne à maior prática de atividade física.
Vários pacientes que sobrevivem a um câncer também podem apresentar toxicidade prolongada dos tratamentos empregados, tais como neuropatia, que pode dificultar a prática de exercício físico, além de possíveis distúrbios psicológicos decorrentes do próprio diagnóstico e tratamento da doença.
Alguns pacientes podem também sentirem-se menos confortáveis em usar roupas de ginástica ou em se manterem ativos em um ambiente de academia, por exemplo. Tudo isso são pontos importantes para serem levados em consideração quando pacientes em acompanhamento avaliam em como adotar modificações para um estilo de vida mais saudável.

DEFININDO AS METAS DE GERENCIAMENTO DO PESO

É fundamental iniciar com objetivos passíveis de serem atingidos. Se você é uma pessoa que não se exercita há mais de um ano, certamente não é realista se inscrever em uma maratona, por exemplo.

Comece devagar e trace metas mensuráveis, como, por exemplo, dar algumas voltas no quarteirão próximo de casa duas vezes ao dia. Construa seu condicionamento de forma gradual.

Faça mudanças gerenciáveis no padrão da sua dieta, trace objetivos capazes de serem alcançados e que farão com que você se sinta bem. Foque no fato de que você deseja promover essas modificações saudáveis do estilo de vida porque isso irá ajudá-lo a se tornar mais forte e saudável nos anos a seguir.

Modificação do estilo de vida com dieta e atividade física sempre fazem parte do pilar de qualquer tratamento para redução de peso. Entretanto, alguns pacientes podem e devem se beneficiar de outros métodos terapêuticos complementares, tais como medicamentos e, em alguns casos, até mesmo cirurgia bariátrica.

ONDE BUSCAR INFORMAÇÃO ADICIONAL

Muitos pacientes procuram seus médicos com dúvidas relacionadas à atividade física, dieta e estratégias de manejo do peso. Há bastante informação de boa qualidade disponível, mas também muito conteúdo inapropriado na Internet e em alguns livros e revistas. Alguns sites contêm informação confiável e adequada, como no caso das sociedades de oncologia nacional e internacionais, assim como na página do Instituto Vencer o Câncer. Converse com seu médico e ele poderá orientá-lo da melhor forma além de, quando indicado, indicar profissionais especializados no acompanhamento, incluindo uma equipe multidisciplinar de nutricionistas e endocrinologistas.

Está gostando do conteúdo? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Artigos recentes