MANEJANDO O PESO APÓS O DIAGNÓSTICO DE UM CÂNCER

Após completar o tratamento de um câncer, muitos pacientes direcionam seus esforços para o aumento da sobrevida e isso, naturalmente, inclui um foco em alimentação saudável, perda de peso e aumento de atividade física.
Sabe-se também que é seguro, para grande parte dos pacientes com câncer, se exercitar pela maior parte da trajetória da sua doença.
Permanecer fisicamente ativo ajuda a prevenir o ganho de peso durante o tratamento do câncer. É recomendado, portanto, que os pacientes pratiquem atividade física durante a maior parte do acompanhamento.
Nós todos sabemos que devemos nos exercitar mais, alimentar-se de forma saudável e manter um peso adequado. Entretanto, isso pode ser especialmente desafiador para vários portadores de câncer. Depois de passarem por tratamentos rigorosos que podem incluir quimioterapia, radioterapia e cirurgia, muitos pacientes apresentam fadiga e indisposição e isso pode tornar difícil o início de qualquer tipo de programa, principalmente no que concerne à maior prática de atividade física.
Vários pacientes que sobrevivem a um câncer também podem apresentar toxicidade prolongada dos tratamentos empregados, tais como neuropatia, que pode dificultar a prática de exercício físico, além de possíveis distúrbios psicológicos decorrentes do próprio diagnóstico e tratamento da doença.
Alguns pacientes podem também sentirem-se menos confortáveis em usar roupas de ginástica ou em se manterem ativos em um ambiente de academia, por exemplo. Tudo isso são pontos importantes para serem levados em consideração quando pacientes em acompanhamento avaliam em como adotar modificações para um estilo de vida mais saudável.

Está gostando do conteúdo? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Artigos recentes